Dans la musique française todo mundo se entende

The finest music made in France

“What The France” é a marca de recomendação do CNM (Centre national de la musique / Centro nacional de música), criada para destacar a diversidade da música produzida na França. Através de um site de notícias, playlists e eventos, What The France apresenta as últimas novidades da produção musical francesa.

Sucessos Franceses no Mundo

Os maiores sucessos “made in France” que estão no topo das paradas em todo o mundo.

Confira em outras plataformas

What The France The finest music made in France !

  • Imany | A sua playlist exclusiva para What The France
    by Marie-Sophie Administrateur on 23/11/2021 at 09:00

    A 3 de Setembro, a cantora francesa de origem comoriana Imany revelou o seu novo álbum, Voodoo cello (Thinkzik! / Virgin Records France), um projecto inesperado no qual a sua majestosa voz é acompanhada apenas por oito violoncelos. Neste álbum, neste álbum podemos ouvi-la apropriando-se habilmente os clássicos de Jacques Brel, Henri Salvador, Madonna, Cat Stevens, Bonnie Tyler, Ed Sheeran e Elton John. Entrevistamo-la. Recordamos o sucesso internacional da sua faixa "Don't be so shy", remixada pela dupla russa Filatov & Karas em 2016, que encabeçou os charts na Alemanha, Áustria, Polónia, Suíça, Roménia e Grécia. Desta vez, é a sua canção "Wonderful life - Stream Jockey Rework", uma cover de um sucesso popularizado em 1987 pelo falecido Colin Vearncombe aka Black, que já acumulou mais de 4,5 milhões de visualizações no Youtube e mais de 2,7 milhões de sequências no Spotify, pelo que sugere que o seu novo álbum será um sucesso. Apesar da sua preenchida agenda, Imany dedicou tempo a preparar uma playlist exclusiva para What The France, na qual pode (re)descobrir faixas de François de Roubaix, Yael Naim, Manu Dibango, Mélissa Laveaux, Vanessa Paradis, Part-Time Friends, Catastrophe, Phoenix, Eddy De Pretto, Emma Peters, Camille, La Chica, Sandra Nkaké, Tété, Clara Luciani, Emilie Gassin, Brigitte, Pauline Croze ou Faada Freddy. [wtfplaylist id="35176"] The post Imany | A sua playlist exclusiva para What The France appeared first on What The France.

  • Fishbach | Novo single “Téléportation” e em breve o segundo álbum !
    by Marie-Sophie Administrateur on 22/11/2021 at 10:20

    A cantora Fishbach está de volta com um novo single, "Téléportation". É uma amostra do seu próximo álbum, que deverá ser lançado em Fevereiro de 2022. https://youtu.be/W0OSfpIOIV4 Fishbach é de Charleville-Mézières (uma pequena cidade no leste da França, casa do poeta Arthur Rimbaud), e a sua voz varia de um sussurro leve, quase suave, a uma canção rouca, forte, profunda e incansável. Depois de tocar em várias bandas, ela começou a escrever as suas próprias canções. Logo gravou as suas primeiras demonstrações, com apenas um portátil, um microfone barato e uma guitarra desgastada. No palco é uma figura carismática e andrógina, uma figura pop entre Kate Bush e Ian Curtis. [wtfplaylist id="22965"] The post Fishbach | Novo single “Téléportation” e em breve o segundo álbum ! appeared first on What The France.

  • Oscar Anton | “First Tour Ever”, mini tour na Europa
    by Marie-Sophie Administrateur on 17/11/2021 at 15:35

    Começando do nada no início de 2020, Oscar Anton acelerou no espaço de um ano. Lançou três canções por mês, todas elas escritas por ele próprio, gravadas e produzidas no seu quarto parisiense, que transformou em estúdio. https://youtu.be/xILHlYadgoY   Aos 20 anos, assinou com a Polydor. Hoje, aos 23 anos, decidiu deixar o label para fundar o seu, e com considerável sucesso: desde então, acumulou 45 milhões de streams, 15 milhões de cliques no YouTube, 840.000 seguidores no Spotify. Os singles "Nuits d'été" e "Bye bye bye" tornaram-se êxitos virais. Recentemente despertou um grande entusiasmo com a sua nova faixa "Ophelie" (Top #50 em Itália). https://youtu.be/A7gJiNFfdn4   Em Janeiro, partirá para a sua "First Tour Ever", onde irá apresentar a sua música no palco pela primeira vez, que nasceu durante a pandemia. [wtfplaylist id="22965"] The post Oscar Anton | “First Tour Ever”, mini tour na Europa appeared first on What The France.

  • Parcels | O novo álbum “Day/Night”
    by Marie-Sophie Administrateur on 16/11/2021 at 09:30

    Oriunda de Byron Bay, o grande spot de surf australiano, e agora baseada em Berlim, Alemanha, a banda Parcels acaba de lançar o seu novo álbum, Day/Night, no dia 5 de Novembro na editora francesa Because Music. https://youtu.be/pU6pdNNJM5M   É bem conhecido que Parcels gosta de aceitar novos desafios, e é o caso com este álbum duplo gravado nos estúdios La Frette em Paris. Um registo ousado, que reúne 19 faixas e está dividido em duas partes distintas « Day » et « Night ». [wtfplaylist id="22965"] The post Parcels | O novo álbum “Day/Night” appeared first on What The France.

  • Vitalic | Digressão internacional e playlist exclusiva para What The France !
    by Marie-Sophie Administrateur on 15/11/2021 at 09:00

    Há apenas um mês, falámos-vos do lançamento do quinto álbum do produtor de música electrónica francês, autor e compositor Vitalic, intitulado «Dissidænce Episode 1 (Episode 1), um disco que ele próprio descreve como um regresso às raízes da sua identidade sónica, sob a forma de um piscar de olhos revisitado à energia rock dos seus primeiros álbuns. Tendo actuado recentemente em Glasgow (Escócia) e Istambul (Turquia), em breve actuará em toda a França, mas também fora das nossas fronteiras, com muitas datas internacionais confirmadas. https://www.youtube.com/watch?v=bRaR8Zq0e90&t=73s Para esperar pelo lançamento do episódio 2, propomos-lhe que ouça a sua playlist exclusiva para What The France, na qual pode (re)descobrir algumas das suas próprias faixas como artista solo, sob o nome de Dima ou dentro da Kompromat (o seu projecto de dueto com Rebeka Warrior), bem como gemas da sua própria editora Citizen Records, mas também uma selecção afiada de faixas "made in France", onde encontrará Taxi Kebab, Nova Materia, David Carretta, Gypsy Family & Linda Lamb, John Lord Fonda & Damon Jee, David Shaw e The Beat, Perez, Etienne De Crécy & Alex Gopher, The Hacker, Cora Novoa, Traumer, Maud Geffray, Thomas Bangalter, Koudlam, Acid Arab, Cahrlotte Gainsbourg & Soulwax, Cassius, SebastiAn & Sparks, Agoria & STS, DJ Oil, Alligator, Odezenne, Chloé, Baxter Dury, Juan Trip', Electric Rescue, Laake, Mansfield. TYA, Scratch Massive, Otteswed ou The Limiñanas. [wtfplaylist id="34566"] The post Vitalic | Digressão internacional e playlist exclusiva para What The France ! appeared first on What The France.

  • Zaz | Últimas notícias – Um vídeo com Till Lindemann (o cantor de Rammstein) e um concerto ao vivo no cinema!
    by Stagiaire 1 Berlin on 13/11/2021 at 09:13

    "Le Jardin des larmes", o novo vídeo de Zaz foi lançado a 5 de Novembro. É uma colaboração surpreendente com Till Lindemann, o vocalista principal da banda de rock alemã Rammstein. A canção é apresentada no seu quinto e novo álbum Isa, que foi lançado há quinze dias e já alcançou o top 10 do ranking de Álbuns na Alemanha.  Le Jardin des larmes - Uma colaboração espantosa e emocionante https://youtu.be/iR2IuOasSYU   Zaz fala sobre a sua colaboração com Till Lindemann: "Conheci Till há quatro anos porque temos a mesma maquilhadora - uma pessoa maravilhosa. Embora ambos tenhamos diferentes projectos excitantes neste momento, ainda conseguimos dar vida a esta incrível história e finalmente escrever esta bela canção. Tudo graças a ti, Till, que tiveste a brilhante ideia de um dueto. Estou muito orgulhosa e tocada por este encontro particular que é tudo poesia: intenso mas envolto em doçura".  https://youtu.be/sJLzQzAgRqA   Ver um concerto de Zaz no cinema, é possível! A 25 de Novembro, Zaz convida-o para o cinema. O concerto único filmado em Les Carrières des Lumières só será exibido nessa noite nos cinemas europeus (em França, o concerto é exibido em todos os cinémas CGR) e na América do Sul. Les Carrières de Lumières é um centro de arte digital localizado na Provence. No filme, novas canções do último álbum de Zaz podem ser ouvidas ao vivo pela primeira vez, para o prazer dos fãs, bem como algumas das suas canções mais populares. As pinturas da cantora são também projectadas em segundo plano. https://youtu.be/TdWgUTVACwA Para mais informações (horários, bilhetes, etc.), pode visitar o site dos cinemas  CGR! [wtfplaylist id="22966"] The post Zaz | Últimas notícias – Um vídeo com Till Lindemann (o cantor de Rammstein) e um concerto ao vivo no cinema! appeared first on What The France.

  • Joséphine Baker | Uma playlist What The France para a sua entrada no Panthéon !
    by Marie-Sophie Administrateur on 12/11/2021 at 09:00

    Em 30 de Novembro de 2021, a cantora, actriz, bailarina e showgirl franco-americana Josephine Baker (1906-1975) tornar-se-á a sexta personalidade feminina, mas também a primeira mulher de cor, a ser admitida no Panteão. Esta é uma oportunidade para a What The France olhar para trás na excepcional carreira desta mulher que, além de ser uma artista mundialmente famosa, foi também combatente e espiã da Resistência durante a Segunda Guerra Mundial, antes de tomar uma posição contra o racismo e o anti-semitismo. Nasceu a 3 de Junho de 1906 no Missouri, com o nome de Freda Josephine McDonald, começou a dançar e juntou-se à Jones Family Band em 1920, antes de partir para Nova Iorque. Em 1925, chegou a Paris e causou uma sensação ao dançar o Charleston na primeira parte da "Revue nègre" no Théâtre des Champs-Elysées. Tornou-se então líder de revistas no Folies Bergères, e mais tarde também cantora e actriz de cinema. Em 1937, casou com o empresário Jean Lion e obteve a nacionalidade francesa. Durante a Segunda Guerra Mundial, juntou-se à Resistência e tornou-se agente de informação do serviço francês de contra-espionagem, pelo qual recebeu a Medalha da Resistência em 1946, a Medalha da Cidade de Paris em 1956 e a Legião de Honra em 1961. Nunca saiu do palco até à sua morte a 12 de Abril de 1975 em Paris, aos 68 anos de idade, quando ainda em digressão para celebrar os seus 50 anos de carreira. Artista multifacetada e mulher empenhada, Josephine Baker deixou uma marca duradoura na música do século XX, graças às suas muitas canções que deram a volta ao mundo. Tudo começou com a canção "J'ai deux amours", que foi o seu primeiro sucesso em 1930, acompanhada por Adrien Lamy, com letra de Géo Koger e Henri Varna sobre uma composição de Vincent Scotto. Note-se que após a guerra ela tomou a liberdade de modificar a letra numa nova versão, transformando a frase ""J'ai deux amours, mon pays et Paris..." em ""J'ai deux amours, mon pays, c'est Paris...". Esta canção será também coberta por Madeleine Peyroux em 2004, depois Dee Dee Bridgewater em 2005, bem como por Zaz no seu álbum "Paris" em 2014, conhecerá também uma adaptação em alemão de Max Raabe ("Ich bin ja nur eine Laune von dir") e em polaco de Mieczysław Fogg ("Mały biały domek"). Recordaremos também a sua memorável actuação de "La petite tonkinoise", também em 1930, que se baseia noutra canção composta por Vincent Scotto e escrita por Henri Christiné, popularizada já em 1906 pelo cantor francês Pierre-Paul Marsalés alias Polin. A actriz polaca Anna Held já tinha adaptado a canção para inglês, sob o título "It's delightedful to be married", e foi também cantada pela actriz alemã Luise Rainer numa cena do filme "Le Grand Ziegfeld" (1936), antes de ser novamente coberta em francês pela actriz e cantora espanhola Sara Montiel (1961). Posteriormente, Joséphine Baker interpretou numerosas normas francesas e internacionais, trazendo cada vez o seu toque pessoal às obras que revisitou. Na nossa playlist "Joséphine Baker Forever", oferecemos-lhe uma selecção de algumas das suas canções mais memoráveis, abrindo com as duas versões do seu hino "J'ai deux amours". Cada canção é seguida de várias adaptações, desde a versão original até à música contemporânea. Durante esta viagem musical, ouvirá as vozes inesquecíveis de Edith Piaf, Mistinguett, Charles Trenet, Ray Ventura, Juliette Gréco & Mélody Gardot, Zaz, Viktor Lazlo, Aileen Stanley, René Marquay, Bobby Capo, Chimène Badi, Alibert, Domenico Modugno, Rina Ketty, assim como Ella Fitzgerald & Louis Armstrong e Les Compagnons De La Chanson. [wtfplaylist id="34926"] The post Joséphine Baker | Uma playlist What The France para a sua entrada no Panthéon ! appeared first on What The France.

  • Angèle | “Bruxelles Je t’aime”
    by Marie-Sophie Administrateur on 08/11/2021 at 09:00

    A 21 de Outubro, a cantora pop Angèle fez o seu regresso com o um novo single, "Bruxelles je t'aime", uma homenagem à sua cidade natal, licenciada pela editora francesa Romance Musique, anunciando a chegada do seu novo álbum "Nonante-Cinq", esperado a 10 de Dezembro. Este é o seu primeiro lançamento a solo desde a sua colaboração com a estrela pop internacional Dua Lipa na faixa infecciosa "Fever". https://youtu.be/a79iLjV-HKw Apesar de amar Paris, onde vive a maior parte do tempo, Angèle permanece muito ligada à sua cidade natal, onde vivem a sua família e amigos de infância. O seu primeiro álbum, Brol, fez dela uma estrela de língua francesa fresca e instantânea. O título da sua estreia referia-se a um termo de calão belga que lhe é particularmente caro: "Só queria ter uma palavra belga no meu título, e esta sempre me fez sorrir. Brol significa desordem ou caos, mas tem um lado leve e optimista, não é de todo uma palavra negativa. Faz-me lembrar a minha infância e o meu país. Passo cada vez menos tempo na Bélgica, por isso esta palavra reconforta-me". [wtfplaylist id="22965"] The post Angèle | “Bruxelles Je t’aime” appeared first on What The France.

  • What The France X Kili Apresentam | Nova noite em Londres com Terrenoire, Eugénie & November Ultra
    by Marie-Sophie Administrateur on 03/11/2021 at 09:18

    Uma nova noite de música francesa está a chegar a Londres. What The France juntou-se ao promotor britânico Kilimanjarolive para lhe trazer uma nova vitrine de artistas emergentes "made in France". A 30 de Novembro, o the Courtyard Theatre acolherá no seu palco três novos e talentosos artistas franceses para actuarem juntos no Reino Unido pela primeira vez. Os bilhetes estão disponíveis aqui Os artistas Terrenoire, são dois irmãos, Raphaël e Théo, que cresceram no bairro popular de Terrenoire, nos subúrbios de Saint-Etienne. No seu primeiro álbum, música electrónica e canção alimentam-se mutuamente para darem origem a um som único.   Eugénie mistura o pop mainstream com inspirações alternativas. Com a energia soul de Jorja Smith e a ferocidade inovadora de Banks, não é de admirar que ela já tenha sido apoiada por meios de comunicação britânicos como a BBC Radio 1 e a revista Clash.   November Ultra é a antiga cantora e compositora da banda indie parisiense Agua Roja. Os seus dois primeiros singles, a canção de embalar "Soft & Tender" e a doce e agre "Miel", dão-nos uma amostra do que está para vir: uma « bedroom pop » calorosa, reconfortante e cinematográfica. Fique atento a mais conteúdos destes três artistas à medida que a data do concerto se aproxima! [wtfplaylist id="34438"] [wtfgig id="34393"] [wtfgig id="34395"] [wtfgig id="34397"] The post What The France X Kili Apresentam | Nova noite em Londres com Terrenoire, Eugénie & November Ultra appeared first on What The France.

CARREGAR MAIS

Especial 14 de julho / A playlist revolucionária de What The France!

Todos os anos, em 14 de julho, é comemorada a Queda da Bastilha, acontecimento que marcou o início da Revolução Francesa em 1789. Para além de seu aspecto político, a Revolução Francesa também contou fortemente com as artes para difundir suas ideias e a música foi o veículo escolhido para atingir este objetivo.

What the France selecionou para você uma antologia destas canções de protesto desde a Revolução Francesa até os dias atuais, incluindo a Comuna, a Segunda Guerra Mundial e a Guerra da Indochina, mas também inspiradas por lutas históricas sociais ou políticas, bem como canções anti-militares.

Confira em outras plataformas